KATIANE

ENTREVISTA COM JOHANE LEONE, ENDOCRINOLOGISTA
ENTREVISTA COM THAIANNE BARBOSA, NUTRICIONISTA
ENTREVISTA COM DRº CICERO PEREIRA, ESPECIALISTA EM DOR OROFACIAL
ENTREVISTA COM DRª JOHANE LEONE (ENDOCRINOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRªA LARISSA NANI (MASTOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº MAURÍCIO MARQUES (DERMATOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº CÍCERO (CLÍNICO GERAL)

Terremoto seguido de tsunami deixa centenas de mortos na Indonésia



Já passa de 380 o número de mortos na Indonésia após uma sequência de dois terremotos, seguido de tsunami, atingir a região da ilha de Sulawesi nesta sexta-feira (28). A informação da agência de gestão de desastres do país foi divulgada pelas agências de notícias na madrugada deste sábado (29).

Os fenômenos climáticos, que também destruíram muitas casas e edifícios, deixaram centenas de feridos que estão sendo atendidos em hospitais próximos. A maioria dos mortos e feridos foi registrada na cidade de Palu.

"Informações iniciais dão conta de que vítimas morreram quando um prédio veio abaixo", disse o porta-voz da agência de resposta a desastres do país, Sutopo Purwo Nugroho, que afirmou que os impactos dos tremores e do tsunami ainda estão sendo calculados. "Nós aconselhamos as pessoas a permanecerem nas áreas seguras, longe de prédios danificados", completou. 

O maior dos tremores teve magnitude 7,5 e ocorreu a uma profundidade de 10 km, com epicentro a 35 km da cidade de Dongalla. Ele causou o tsunami com ondas de até dois metros que atingiram Palu. Segundo as autoridades, não há previsão de novas ondas gigantes.

Pouco antes, um tremor de magnitude 6,1 já tinha atingido a mesma região.

Não há informações exatas ainda da destruição causada na região-cerca de 600 mil pessoas vivem em Palu e Dongalla, as mais atingidas. 

A Indonésia costuma sofrer com terremotos e um tremor de magnitude 9,1 em 2004 próximo da costa do país causou o tsunami que deixou mais de 220 mil mortos na região.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco