MOMENTO SAÚDE

Greve geral na Argentina paralisa serviços no país e afeta voos no Brasil


O presidente argentino Mauricio Macri enfrenta a 3ª greve geral no país contra sua política econômica.

O presidente argentino Mauricio Macri durante o G7, no dia 9 de junho; ele enfrenta a 3ª greve geral no país contra sua política econômica (Foto: Yves Herman/Reuters)
A greve geral que começou à 0h desta segunda-feira (25) na Argentina afeta serviços como transportes, escolas, coleta de lixo e postos de gasolina no país e reflete nos voos que partem do Brasil para lá e vice-versa.
É a 3ª greve geral contra a política econômica do governo de Mauricio Macri. Para o governo, a paralisação é política.
Os organizadores do protesto calculam que pelo menos 1 milhão de trabalhadores devem aderir à greve, convocada pela peronista Confederação Geral do Trabalho (CGT), que agrupa os principais sindicatos da Argentina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco