KATIANE

ENTREVISTA COM JOHANE LEONE, ENDOCRINOLOGISTA
ENTREVISTA COM THAIANNE BARBOSA, NUTRICIONISTA
ENTREVISTA COM DRº CICERO PEREIRA, ESPECIALISTA EM DOR OROFACIAL
ENTREVISTA COM DRª JOHANE LEONE (ENDOCRINOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRªA LARISSA NANI (MASTOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº MAURÍCIO MARQUES (DERMATOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº CÍCERO (CLÍNICO GERAL)

Operação da polícia investiga pedofilia em sete cidades da Bahia, Brasília e outros 23 estados

Vinte e seis mandados de busca e apreensão são executados na Bahia dentro da operação de combate a pedofilia. A ação nacional Luz na Infância 2 é realizada nesta quinta-feira, 17, pela Polícia Civil. No estado, são cumpridos mandados em Salvador, Camaçari, Feira de Santana, Poções, Camacã, Ilhéus, Itagimirim e na Ilha de Itaparica.

Apesar de não ter sido expedido mandado de prisão, quem é flagrado com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes é preso em flagrante. A força-tarefa é liderada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

Além da Bahia, são cumpridos mandados em 23 estados e no Distrito Federal. Oito pessoas já foram presas no Rio de Janeiro e 10 em São Paulo nesta manhã. Ainda não há informações de prisões na Bahia.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Dint/Senasp/MESP), após identificar indícios suficientes de autoria e materialidade do crime no ambiente virtual. A investigação é realizada há quatro meses.

Na primeira fase da operação, realizada em outubro de 2017, foram executados 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Na ocasião, 112 pessoas foram presas em todo país.

Fonte: A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco