KATIANE

ENTREVISTA COM JOHANE LEONE, ENDOCRINOLOGISTA
ENTREVISTA COM THAIANNE BARBOSA, NUTRICIONISTA
ENTREVISTA COM DRº CICERO PEREIRA, ESPECIALISTA EM DOR OROFACIAL
ENTREVISTA COM DRª JOHANE LEONE (ENDOCRINOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRªA LARISSA NANI (MASTOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº MAURÍCIO MARQUES (DERMATOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº CÍCERO (CLÍNICO GERAL)

Bahia é o único estado do nordeste a sofrer queda no valor da agricultura brasileira entre 2016 e 2017, aponta IBGE




 A Bahia foi o único estado do nordeste brasileiro a sofrer queda no valor da sua produção agrícola, entre 2016 e 2017, segundo dados da pesquisa da Produção Agrícola Municipal (PAM), divulgada pelo IBGE na quinta-feira (13)

Isso significa que o valor da produção agrícola baiana caiu de R$ 15,7 bilhões para R$ 15,4 bilhões, com índice de participação saindo 4,9% em 2016, para 4,8% em 2017.
Segundo o IBGE, esta foi a segunda perda de participação consecutiva, já que em 2015 a Bahia respondia por 6,5% do valor total da produção agrícola brasileira.
Mesmo com o decréscimo, em 2017, a Bahia ainda se manteve com a sétima maior participação no valor total da agricultura brasileira, estimado em R$ 319,6 bilhões (0,6% menor que o de 2016). São Paulo continuou em primeiro lugar, com 16,6% do valor da produção agrícola nacional, seguido por Mato Grosso (13,6%) e Paraná (11,9%).
Apesar da Bahia ter tido perda de participação no valor total da produção agrícola brasileira, municípios baianos, sobretudo os produtores de grãos, ganharam importantes posições no ranking nacional da agricultura.
Mesmo com queda estado se manteve com a sétima maior participação no valor total da agricultura brasileira, com R$ 15,4 bilhões.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco