Presas transexuais não devem ir a presídio feminino, decide juíza


Uma juíza da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal decidiu que presas transexuais não devem ir a presídio feminino. Para a juíza, as transexuais detidas dever sem mantidas no presídio masculino, mas em cela separada de homens. 

De acordo com a Gazeta do Povo, no entendimento da magistrada, como a "musculatura esquelética de quem nasceu homem tem fator hormonal que lhe assegura vantagem de força sobre a mulher", deixar as transexuais (nascidas homens) com as mulheres poderia causar injustiças.

"Sopesando todas as informações relativas às diferenças físicas e a falta de privacidade aliadas ao fator confinamento, não é preciso muito esforço intelectual para facilmente concluir que a probabilidade de ocorrerem brigas ou desentendimentos é grande", afirmou a juíza. 

Dessa forma, a juíza relatou que a "preservação do direito de uns não pode haver desrespeito aos direitos de outros" e que "não há motivos legais suficientes para alocá-las em celas junto com mulheres cis".

Fonte: BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco