KATIANE

ENTREVISTA COM JOHANE LEONE, ENDOCRINOLOGISTA
ENTREVISTA COM THAIANNE BARBOSA, NUTRICIONISTA
ENTREVISTA COM DRº CICERO PEREIRA, ESPECIALISTA EM DOR OROFACIAL
ENTREVISTA COM DRª JOHANE LEONE (ENDOCRINOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRªA LARISSA NANI (MASTOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº MAURÍCIO MARQUES (DERMATOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº CÍCERO (CLÍNICO GERAL)

Contra o fantasma da prisão da Lava Jato, índios ‘fecham o corpo’ de Lula


Na última quinta-feira, 15, em Salvador, ex-presidente condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso triplex, recebeu 'ritual de proteção' de mais de 20 etnias.


























Acuado pela Justiça e cada vez mais perto da prisão da Lava Jato, o ex-presidente Lula agora está sob ‘proteção’ indígena.

Na quinta-feira, 15, enquanto seus advogados lutam bravamente nos tribunais para afugentar o fantasma da cadeia que o atormenta, ele foi recepcionado em Salvador, no Fórum Social Mundial, por um grupo de mais de 20 etnias que promoveram o ritual de ‘fechamento de corpo’ do ex-presidente.

Os índios brindaram Lula, então exibindo um semblante marcado pela tensão, com um cocar vistoso e despejaram a fumaça da proteção sobre seu corpo. O ex-presidente, condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do triplex do Guarujá, também recebeu a pauta de reivindicações dos povos indígenas – a prioridade é a demarcação de territórios.

Em seu site, o petista publicou fotos e vídeos da cerimônia em que recebeu o abrigo dos aborígenes.

Fonte: Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco