KATIANE

ENTREVISTA COM JOHANE LEONE, ENDOCRINOLOGISTA
ENTREVISTA COM THAIANNE BARBOSA, NUTRICIONISTA
ENTREVISTA COM DRº CICERO PEREIRA, ESPECIALISTA EM DOR OROFACIAL
ENTREVISTA COM DRª JOHANE LEONE (ENDOCRINOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRªA LARISSA NANI (MASTOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº MAURÍCIO MARQUES (DERMATOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº CÍCERO (CLÍNICO GERAL)

Citando ‘Surubinha de Leve’, pediatras pedem que MPF proíba músicas que prejudiquem crianças


A Sociedade Brasileira de Pediatria solicitou ao Ministério Público Federal que interrompesse a reprodução de músicas consideradas prejudiciais às crianças e adolescentes. 

As músicas citadas no requerimento foram as polêmicas “Surubinha de Leve” de MC Diguinho e “Oh Novinha” de MC Don Juan, que a entidade interpreta como canções que promovem crimes como o estupro e a violência. Além da proibição de músicas com esse teor, eles pedem que haja um controle maior sobre a reprodução de canções, filmes, seriados e outros produtos culturais, adequando-os a classificação correspondente. 

Na tentativa de validar seu posicionamento, a SBP citou artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/1990), que determinam que a sociedade assegure a integridade física, psíquica e moral dos menores de dezoito anos. 

A presidente da organização, dra. Luciana Rodrigues Silva, reforçou o pedido: “Cabe ao Ministério Público, como fiscal da lei e mantenedor da ordem jurídica, investigar e apurar tal situação, visto que a letra dessas músicas, bem como de inúmeras outras, sugerem a prática de crimes e de ações impróprias para a população composta por crianças e adolescentes, fases decisivas para a formação e o desenvolvimento dos seres humanos”.

Fonte: BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco