Morte de ex-vice-prefeito de Ourolândia pode ter ligação com delação na Lava Jato


A política baiana foi pega de surpresa na manhã desta quinta-feira (18) com a notícia de que o ex-vice-prefeito de Ourolândia pode, no norte da Bahia, José Roberto Soares Vieira, de 47 anos, foi assassinado na Fazenda Mamão, na cidade de Candeias.

Inicialmente foi divulgado que o atirador seria um homem desempregado que teria ido pedir emprego a José Roberto, na última quarta (17), na empresa a qual o ex-vice-prefeito era sócio em Candeias.

A polícia já investiga o caso e trabalha com a hipótese de que a morte tenha ligação com uma delação de José Roberto em um caso da Lava Jato, quando prestou depoimento em novembro de 2017 e citou que repassava verba para familiares de um ex-gerente da Transpetro.

Fonte: Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário