Anitta sobre feminismo: “Tento fazer a minha parte”

Depois de ter lançado o seu último clipe, "Vai Malandra", a cantora Anitta, de 24 anos, recebeu tanto elogios quanto críticas negativas por conta da exibição das suas celulites, danças sensuais com os rappers com que divide a música e passagens em que aparece ao lado de mulheres vestindo biquinis de fita isolante.

De acordo com o site da revista Claudia, a crítica que envolveu o clipe deve-se a hipersexualização ao longo do vídeo, que pode contribuir para a objetificação da mulher, especialmente as da periferia. No entanto, a produção também recebeu muitos elogios para quem a entendeu como uma ferramenta de empoderamento feminino. 

Com a polêmica, muitas pessoas questionaram se Annita se considerava feminista. Em resposta à AFP, a cantora respondeu que sim. "Eu como mulher faço a minha parte. Falta muito ainda para que todas nós tenhamos direitos iguais [aos dos homens]", comentou ela. "O machismo no Brasil é muito grande, mas acredito na mudança. Juntas somos mais fortes", continuou a cantora.
Informações do  site da revista Claudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário