MOMENTO SAÚDE

MULHER ACUSADA DE ENVENENAR FAMÍLIA INTEIRA NA CIDADE DE SAÚDE É PRESA APÓS MESES FORAGIDA

22/12/17 - Depois de meses se escondendo da Justiça, a mulher acusada de envenenar uma família inteira e causar a morte de um homem na cidade de Saúde foi presa na noite desta quinta-feira, 21/12 no município onde o crime aconteceu.

Conhecida desde o fatídico caso como Rosa Venenosa, ela é suspeita de servir um doce supostamente envenenado para duas crianças menores de 14 e 16 anos e seus pais, Celson Silva Santos tinha 30 anos, e sua companheira identificada como professora Catarina Caetano de Barros. Todos passaram mal após comerem o doce. O caso de Celson foi o mais grave. Ele foi internado às pressas no dia 16 de junho no Hospital São Francisco em Campo Formoso, onde recebeu atendimento médico, foi entubado,mas morreu no dia seguinte ao crime, enquanto aguardava regulação para ser transferido para Salvador.

Rosa chegou a ser presa e conduzida a delegacia de Jacobina à época do caso. Ela foi ouvida pelo delegado plantonista e na oitiva prestada ao delegado ela negou veementemente as acusações ora lhe imputadas e disse que jamais faria uma atrocidade dessas pois era amiga de todos. Como não havia perícia formal até aquele momento, a acusada foi liberada, no entanto, semanas depois um laudo pericial confirmou que a causa morte de Celso Silva Santos, de 47 anos foi realmente envenenamento, e consequentemente a Justiça emitiu um mandado de prisão em desfavor de Dona Rosa mas ela já havia fugido, sendo considerada foragida da Justiça desde então. Segundo informes, após sua prisão na cidade de Saúde ontem a noite, Rosa Venenosa deve ser encaminhada para a carceragem da 16ª Coorpin em Jacobina onde ficará à disposição da Justiça.
Fonte: Bahia Acontece

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco