KATIANE

ENTREVISTA COM JOHANE LEONE, ENDOCRINOLOGISTA
ENTREVISTA COM THAIANNE BARBOSA, NUTRICIONISTA
ENTREVISTA COM DRº CICERO PEREIRA, ESPECIALISTA EM DOR OROFACIAL
ENTREVISTA COM DRª JOHANE LEONE (ENDOCRINOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRªA LARISSA NANI (MASTOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº MAURÍCIO MARQUES (DERMATOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº CÍCERO (CLÍNICO GERAL)

Família de Miss Iraque foge após selfie polêmica com Miss Israel

“Paz e amor da miss Iraque e da miss Israel” diz a legenda da selfie que rendeu ameaças de morte a Sarah Idan e sua família, que acabou tendo que deixar o Iraque.

Idan postou a foto em sua conta no instagram no dia 13 de novembro quando representava o Iraque em um evento ligado ao concurso Miss Universo. Foi a primeira vez em 45 anos que o país enviou uma candidata.

À CNN, a miss Iraque disse que propôs à miss Israel, Adar Gandelsman, que tirassem uma foto “para que as pessoas pudessem ver que não temos problemas uma com a outra e que na verdade somos embaixadoras da paz”.

A reação não foi a que ela esperava.

“Quando postei a foto, não imaginei por um segundo que teria uma repercussão negativa”, disse à emissora. “As ameaças que recebi pela internet foram assustadoras”.

Segundo Idan, o diretor do concurso Miss Iraque lhe disse que estava sendo pressionado pelo governo e que ela deveria remover a foto — caso contrário, perderia o título.

Israel e Iraque não mantêm relações diplomáticas.

Ela também recebeu ameaças de morte. Assustada, ligou para sua família e pediu deixassem o país.

“As pessoas reconheceram minha família, todos imediamente sabiam quem eles eram. E estávamos recebendo ameaças de morte”, disse.

Apesar das ameaças e do risco de perder seu título, Idan se recusou a remover a foto.
Um dia após postar a selfie, ela publicou um texto em que disse não apoiar o governo de Israel nem sua política para o Oriente Médio. Ela também pediu desculpas a “todos aqueles que acharam que era um ataque à causa palestina”.
Idan, que disse não se arrepender de ter publicado a foto, evitou dar entrevistas sobre o episódio até que sua família tivesse deixado o Iraque com segurança. Além da iraquiana, a miss tem cidadania americana e reside em Los Angeles.
Arquivado em: Mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco