Pai acusado de violentar filha por 11 anos é preso; família nega crime e rejeita a vítima

Um pai suspeito de estuprar a filha durante 11 anos foi preso nesta quarta-feira (8), na cidade de Jucás, no Ceará. A garota hoje tem 17 anos e denunciou o pai ao Conselho Tutelar da cidade, que comunicou o caso ao Ministério Público e à Polícia Civil. 

De acordo com o site G1, o delegado responsável pelo caso, Thiago Paixão da Silva, afirmou que "há indícios suficientes" para manter a prisão do suspeito. O homem e a família negam o crime, e por esse motivo a garota foi rejeitada pelos familiares. 

Um pedido de acolhimento institucional foi feito para a vítima. "Ela vinha sofrendo abusos desde os seis [anos] e sofria ameaças para não contar sobre o caso. Ela disse em depoimento que sofria abusos de todas as formas, são detalhes que é melhor nem descrever", relatou o delegado. "Além do estupro, existe uma vitimização secundária, por parte da família, existe uma grande barreira que dificulta as denúncias contra esse tipo de crime. Ainda é muito difícil que a vítima relate o caso, principalmente quando acontece no âmbito familiar", acrescentou Thiago Paixão.

Fonte: Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário