Novo equipamento cultural de Salvador vai permitir ‘Carnaval o ano inteiro’, diz Tinoco

A Secretaria de Cultura de Salvador (Secult) publicou no Diário Oficial do Município (DOM), na última quarta-feira (15), um contrato referente à implementação da "Casa do Carnaval" no valor de R$ 5 milhões. 

Em contato com o secretário de Cultura de Salvador, Claudio Tinoco, o Bahia Notícias foi informado que a Casa do Carnaval será “um novo equipamento cultural e turístico que a Prefeitura de Salvador vai implantar na cidade com o objetivo de fomentar o turismo”. 

De acordo com Tinoco, o prédio localizado na Praça Ramos de Queirós, s/n, ao lado do Plano Inclinado Gonçalves, no Centro da Cidade, que já foi sede da 18ª Batalhão da Polícia Militar (BPM), pertence à prefeitura e "por algum tempo foi utilizado para outros fins". 

Tinoco afirmou ainda que o imóvel passou por obras de restauração e reformas realizadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com o intuito de transformá-lo em um museu, e o resultado irá "surpreender positivamente os soteropolitanos e turistas" além de “perpetuar a festa a partir de um memorial”. 

O secretário afirmou ainda que o equipamento vai contar a história da festa e mostrar "os aspectos que fazem com que o Carnaval seja mais que um evento". "Mostrar a origem do Carnaval do Brasil colônia até os dias de hoje. Vamos retratar na Casa os aspectos da história da festividade, a relação que tem com a música da Bahia, de Salvador, reverenciando artistas, músicos e instrumentistas". 

A Prefeitura de Salvador informou que está em fase de recebimento do imóvel e que a expectativa é que o museu esteja aberto à visitação no início de 2018. "Com esse equipamento vai ter Carnaval o ano inteiro", concluiu Tinoco.

Fonte: Bahia Noticias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário