KATIANE

ENTREVISTA COM JOHANE LEONE, ENDOCRINOLOGISTA
ENTREVISTA COM THAIANNE BARBOSA, NUTRICIONISTA
ENTREVISTA COM DRº CICERO PEREIRA, ESPECIALISTA EM DOR OROFACIAL
ENTREVISTA COM DRª JOHANE LEONE (ENDOCRINOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRªA LARISSA NANI (MASTOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº MAURÍCIO MARQUES (DERMATOLOGISTA)
ENTREVISTA COM DRº MATEUS RIBEIRO (PSICÓLOGO E COACH)
ENTREVISTA COM DRº CÍCERO (CLÍNICO GERAL)

Jovem italiana 'sua sangue' devido a condição rara

A condição enfrentada por uma jovem italiana nos últimos três anos causou espanto em médicos da Universidade de Florença. Ela apresenta sangramentos no rosto e nas palmas das mãos. No entanto, não há lesões em sua pele. A jovem relatou, segundo o jornal O Globo, que os sangramentos costumam acontecer durante atividades físicas e também quando ela está dormindo. A duração dos episódios costuma variar de um a cinco minutos, mas pode ser mais intensa em períodos de estresse emocional. Os médicos suspeitaram, inicialmente, de um transtorno factício, quando os próprios pacientes provocam lesões com o objetivo de chamar atenção, mas a hipótese logo foi descartada. Devido aos sangramentos, a paciente se tornou cada vez mais isolada e apresenta depressão e transtornos de ansiedade. Após análise da secreção, os profissionais foram direcionados ao diagnóstico de hematidrose, rara condição que leva o paciente a "suar sangue". Não há estudos que comprovem a origem desse tipo de sangramento. Uma das hipóteses defende que se trata do rompimento de finas veias nas glândulas sudoríparas. A italiana foi tratada com popranolol, para controle da hipertensão. A droga apenas ameniza o sintoma.
Informações do jornal O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco