Feirantes vendem frangos coloridos artificialmente como galinhas caipiras

Feirantes vendem frangos coloridos artificialmente como galinhas caipiras
A Vigilância Sanitária flagrou vendedores da Feira do Produtor Rural, em Boa Vista (RR), comercializando frangos coloridos artificialmente como sendo galinha caipira. O diretor da Vigilância Sanitária da cidade, Fernando Matos, explicou que os animais eram abatidos, depenados e pintados artificialmente. Tudo isso sem as mínimas condições de higiene. De acordo com o G1, o frango de granja custa R$ 18 e a galinha caipira, R$ 45. Em uma das bancas, a vigilância achou um balde manchado de tinta sendo utilizado como recipiente para colorir os frangos com corante. Um cone de sinalização também era usado como funil no abate dos animais. "Eles [feirantes] estavam ludibriando os consumidores fazendo a coloração artificial do frango normal e vendendo como caipira. Estavam fazendo o uso inadequado de corantes e fraudando as pessoas", explicou Matos. Os flagrantes foram feitos na semana passada, quando os comerciantes foram proibidos de continuar a abater os animais na feira. As bancas, no entanto, funcionavam sem licença ambiental e por isso foram interditadas nesta sexta-feira (27). Segundo o G1, o caso será remetido ao Ministério Público de Roraima para que as devidas providências sejam tomadas. As nove bancas de venda de frango permanecem interditadas por tempo indeterminado ou até que os feirantes se regularizem e obtenham licença para abater e vender as aves no local.

Fonte Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário