Até 2020, mais de 80 milhões de pessoas no mundo terão glaucoma



A Organização Mundial de Saúde (OMS) e centros de pesquisas internacionais estimam que, em 2020, 80 milhões de pessoas no mundo terão glaucoma. Em 2040, serão mais de 111 milhões de pessoas atingidas pela doença. O glaucoma não tem cura e é considerado a maior causa de cegueira irreversível. O diagnóstico precoce é a melhor forma de dar qualidade de vida ao paciente. O tratamento não permite o avanço da doença, mas não consegue recuperar parte da visão que o paciente perdeu. O glaucoma é um estreitamento do campo visual. Estudos indicam que 1,2% da população aos 40 anos tem o problema. Aos 80, esse índice chega a 8%. No Brasil já existem mais de 1,2 milhões de pessoas cegas, e a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que até 80% dos casos de cegueira pelo mundo poderiam ser evitados ou tratados. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário